Você está aqui: Página Inicial Notícias Prof. e trompista Radegundis Tavares da UFRN apresenta concerto de música de câmara na UNIRIO

Prof. e trompista Radegundis Tavares da UFRN apresenta concerto de música de câmara na UNIRIO

O Concerto terá a participação das professoras Mariana Salles e Lúcia Barrenechea e será realizado no dia 23 de maio de 2014, 6a feira, às 20h na Sala Villa-Lobos (Av. Pasteur 436, fundos). A entrada é franca.

 

CONCERTO DE MÚSICA DE CÂMARA

RADEGUNDIS TAVARES, TROMPA
LÚCIA BARRENECHEA, PIANO
MARIANA SALLES, VIOLINO

SEXTA-FEIRA, 23 DE MAIO DE 2014 ÀS 20:00
SALA VILLA-LOBOS
Av. Pasteur 436, fundos

 

PROGRAMA

J. Orlando Alves (n. 1970)
Memorie para violino, trompa e piano (2013)

J. Brahms (1833-1897)
Trio op. 40 para violino, trompa e piano (1865)

 

Professora de violino, repertório orquestral e música de câmara na UNIRIO, Mariana Salles
diplomou-se no Bacharelado em violino na classe do Prof. Paulo Bosisio e no Mestrado em
Música Brasileira. Atuou como solista tocando, entre outros, os concertos de Max Bruch,
Mendelssohn, duplo de Brahms e Radamés Gnatalli (violino e orquestra de cordas). Foi 1º
Solista da Orquestra do Teatro Municipal do Rio de Janeiro entre 1996 a 2000. Integrou o
Quarteto da UFF e Quarteto Paulo Bosisio. Participa também ativamente nas Bienais de
Musica Contemporânea no Rio de Janeiro. Em sua discografia constam os CDs “Integral das
Sonatas para violino e piano de Claudio Santoro”, “Mosaico” com peças para duo de violino
e violoncelo de compositores brasileiros, “Mosaico II” de duos para violino e viola, no qual
toca os dois instrumentos e Cd contendo o Deuxiéme Trio de Villa-Lobos, Fantasia de Franck
Bridge e Trio de Michael Colina. Finaliza em parceria com o pianista francês François Pinel
um CD com as duas sonatas para violino e piano do compositor brasileiro Glauco Velasquez.

Bacharel pela Universidade Federal da Paraíba (2008), sob a orientação do professor
Cisneiro de Andrade, Radegundis Tavares iniciou seus estudos em trompa aos 12 anos no
curso de extenção no Departamento de Música da UFPB. E, seguida fundou juntamente com
integrantes do naipe de metais da Orquestra Infanto-Juvenil da UFPBB da qual fazia parte,
o Quinteto de metais Jampa Brass, com o qual participou de vários festivais e encontros
internacionais de música. Aos 15 anos, ganhou menção honrosa no 6º prêmio Weril e
estreou como solista no Teatro Municipal de S Paulo, interpretando uma transcrição própria
das variações sobre o "Carnaval de Veneza" de Jean-Baptiste Arban. Desde então tem se
apresentado como solista camerista e instrumentista de orquestra em importantes centros
musicais do Brasil . Atua eventualmente desde os 17 anos como 1º trompista convidado
da Orquestra Sinfônica da Paraíba. Em 2008 com 19 anos, foi aprovado no concurso para
professor efetivo de trompa da Universidade Federal do Rio Grande do Norte - UFRN, onde
desenvolve intensa atividade didática e coordena grupos de metais e de trompas.

Lúcia Barrenechea é professora de piano no Instituto Villa-Lobos da UNIRIO, onde também
atua no programa de Pós-Graduação em Música - mestrado e doutorado. Pianista formada
pela Universidade Federal de Goiás, realizou mestrado em música na Universidade de
Boston, EUA, e doutorado em piano e pedagogia do piano na Universidade de Iowa, EUA.
Atuando intensamente como solista e camerista, Lúcia Barrenechea se apresentou em
concertos com várias orquestras brasileiras, assim como em recitais solo e de câmara, com
diversos artistas de renome. Gravou, em 2008, um CD de obras para trio com piano, com a
violinista Mariana Salles e o violoncelista Marcelo Salles, pelo selo Brasil Meta Cultural e um
Cd de piano solo “Saracoteio” (2009) com repertório de compositores brasileiros. Tem sido
freqüentemente convidada para participar, como professora de piano e pianista camerista,
de inúmeros festivais de música em várias cidades brasileiras. Desde 1989 forma o Duo
Barrenechea com seu marido, o flautista Sérgio Barrenechea, que se propõe a explorar
o vasto repertório para a formação de flauta e piano, incluindo a divulgação de música
brasileira erudita e popular. Em 2008, o Duo lançou seu primeiro CD “Momentos em Paris”.

« Junho 2019 »
Junho
DoSeTeQuQuSeSa
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30