Você está aqui: Página Inicial Notícias Grupo LOS QUATRO na Série UNIRIO MUSICAL

Grupo LOS QUATRO na Série UNIRIO MUSICAL

Grupo LOS QUATRO na Série UNIRIO MUSICAL

Los Quatro

 

Dando continuidade à programação do mês dedicado à Música Popular Brasileira, a atração desta terça-feira, 25 de março na série UNIRIO MUSICAL é o grupo LOS QUATRO.
Formado por quatro músicos de nacionalidades distintas – Peru, Brasil, Portugal e Japão – o grupo Los Cuatro tem por meta realizar uma síntese de sonoridades latino-americanas através de uma linguagem própria. Partindo da ideia de que a música do Atlântico Negro foi formada a partir de um constante influxo entre três continentes (América, África e Europa), o grupo parte de fórmulas tradicionais de países como Brasil, Colômbia, Peru, Venezuela e Argentina – que consolidaram gêneros populares urbanos como choro, bambuco, valsa criolla, joropo, pasillo, entre outros – para criar novas misturas e sonoridades. Desta forma, o choro tradicional é recriado com elementos da música caribenha; o pasillo ganha influência da valsa brasileira; a morna cabo-verdiana mostra suas interações com o samba, o festejo e o bambuco ganham novos sotaques. Em suma, as fronteiras nacionais são diluídas em prol de uma musicalidade que é construída para além de fórmulas fechadas. Tendo lançado seu primeiro Cd em 2013, através da Acari Records, o Los Cuatro vem se apresentando com sucesso em várias salas de concerto do Rio de Janeiro
Os Integrantes
Naomi Kumamoto (Japão)
Flautista, trabalhou durante varios anos em Orquestras Sinfônicas eruditas no Japão. Desde 2001 vive no Rio de Janeiro, onde já gravou com os principais músicos do choro como Altamiro Carrilho, Toninho Carrasqueira, Naylor Proveta, Celsinho Silva, Mauricio Carrilho e Luciana Rabello entre outros. Atualmente é professora de flauta da Escola Portátil de Música que se encarrega de difundir o choro no Rio de Janeiro. Também foi uma importante promotora musical do Brasil no Japão sendo fundadora da principal roda de choro neste país.
Rui Alvim (Portugal)
Clarinetista, saxofonista, Apresentou-se e gravou ao lado de grandes nomes da música instrumental como Nailor Proveta, Eduardo Neves, Mauricio Carrilho, Yamandu Costa, Cristovão Bastos, entre outros. Como solista, tem inúmeras participações em CDs, destacando-se as coletâneas, Princípios do Choro, Choro Carioca – Musica do Brasil e Joaquim Calado o pai dos Chorões. É integrante e um dos fundadores do grupo água de Moringa, com o qual gravou 5 Cds. Atua em diversas formações instrumentais, como Orquestra Pixinguinha, Orquestra Criôla, Banda Luzeiro, A Gafieira de Bolso.
Pedro Aragão (Brasil)
Bandolinista, formado em direção de orquesta pela escola de música da UFRJ, atualmente é professor da UNI-RIO. È fundador e diretor do instituto "Jacob do Bandolim", um dos mais importantes músicos e instrumentistas brasileiros. Foi diretor músical (com Luis Otavio Braga) do disco “Ao Jacob
seus bandolins” (premio Rival BR) em 2004 e do livro “Tocando com Jacob”, que reúne partituras e gravações de Jacob, publicado em 2005. Coordenador (com Luciana Rabello e Mauricio Carrilho) e professor
da Escola Portátil de Música, a mais importante de seu gênero na divulgação do choro. Como bandolinista participou de diversas gravações e apresentações que buscam divulgar seu instrumento, entre elas como solista da Orquesta de Cámara da UNI-RIO com quem realizou a primeira audição do concerto para Bandolim e Orquesta de Radamés Gnattali em novembro de 1999.
Sergio Valdeos (Peru)
Violonista, compositor e arranjador, já trabalhou com diversos músicos e cantores em gravações e shows, entre outros: Eva Ayllon, Pilar de la Hoz, Carmina Canavino, Gian Marco Zignago, Cecilia Barraza, Cecilia Bracamonte, Jane Duboc, Guinga, Leila Pinheiro, Celia Vaz. Destaca-se sua participação no grupo da cantora Susana Baca (ganhadora do Grammy Latino 2002) com quem trabalho entre 2001 e 2009 participando em 4 produções musicais e viajando pelos 5 continentes nos principais festivais de “world music.” No Perú, foi fundador do “Clube do Choro”, grupo dedicado a difusão do choro e da cultura brasilera. Também se envolveu em dois projetos de música instrumental, primeiro com o quarteto de violões “Maogani” no Brasil (1994-1999) e em seguida com o grupo Kenyara no Perú.
O concerto acontecerá às 19 horas, na Sala Villa-Lobos (Av. Pasteur, 436 – fundos) . A entrada é franca.
A Série Unirio Musical é coordenada pelo Prof. Marco Túlio, do IVL. O Prof. Pedro Aragão é o responsável pela programação do mês de março.

Dando continuidade à programação do mês dedicado à Música Popular Brasileira, a atração desta terça-feira, 25 de março na série UNIRIO MUSICAL é o grupo LOS QUATRO.
Formado por quatro músicos de nacionalidades distintas – Peru, Brasil, Portugal e Japão – o grupo Los Cuatro tem por meta realizar uma síntese de sonoridades latino-americanas através de uma linguagem própria. Partindo da ideia de que a música do Atlântico Negro foi formada a partir de um constante influxo entre três continentes (América, África e Europa), o grupo parte de fórmulas tradicionais de países como Brasil, Colômbia, Peru, Venezuela e Argentina – que consolidaram gêneros populares urbanos como choro, bambuco, valsa criolla, joropo, pasillo, entre outros – para criar novas misturas e sonoridades. Desta forma, o choro tradicional é recriado com elementos da música caribenha; o pasillo ganha influência da valsa brasileira; a morna cabo-verdiana mostra suas interações com o samba, o festejo e o bambuco ganham novos sotaques. Em suma, as fronteiras nacionais são diluídas em prol de uma musicalidade que é construída para além de fórmulas fechadas. Tendo lançado seu primeiro Cd em 2013, através da Acari Records, o Los Cuatro vem se apresentando com sucesso em várias salas de concerto do Rio de Janeiro
Os Integrantes
Naomi Kumamoto (Japão)
Flautista, trabalhou durante varios anos em Orquestras Sinfônicas eruditas no Japão. Desde 2001 vive no Rio de Janeiro, onde já gravou com os principais músicos do choro como Altamiro Carrilho, Toninho Carrasqueira, Naylor Proveta, Celsinho Silva, Mauricio Carrilho e Luciana Rabello entre outros. Atualmente é professora de flauta da Escola Portátil de Música que se encarrega de difundir o choro no Rio de Janeiro. Também foi uma importante promotora musical do Brasil no Japão sendo fundadora da principal roda de choro neste país.
Rui Alvim (Portugal)
Clarinetista, saxofonista, Apresentou-se e gravou ao lado de grandes nomes da música instrumental como Nailor Proveta, Eduardo Neves, Mauricio Carrilho, Yamandu Costa, Cristovão Bastos, entre outros. Como solista, tem inúmeras participações em CDs, destacando-se as coletâneas, Princípios do Choro, Choro Carioca – Musica do Brasil e Joaquim Calado o pai dos Chorões. É integrante e um dos fundadores do grupo água de Moringa, com o qual gravou 5 Cds. Atua em diversas formações instrumentais, como Orquestra Pixinguinha, Orquestra Criôla, Banda Luzeiro, A Gafieira de Bolso.
Pedro Aragão (Brasil)Bandolinista, formado em direção de orquesta pela escola de música da UFRJ, atualmente é professor da UNI-RIO. È fundador e diretor do instituto "Jacob do Bandolim", um dos mais importantes músicos e instrumentistas brasileiros. Foi diretor músical (com Luis Otavio Braga) do disco “Ao Jacobseus bandolins” (premio Rival BR) em 2004 e do livro “Tocando com Jacob”, que reúne partituras e gravações de Jacob, publicado em 2005. Coordenador (com Luciana Rabello e Mauricio Carrilho) e professorda Escola Portátil de Música, a mais importante de seu gênero na divulgação do choro. Como bandolinista participou de diversas gravações e apresentações que buscam divulgar seu instrumento, entre elas como solista da Orquesta de Cámara da UNI-RIO com quem realizou a primeira audição do concerto para Bandolim e Orquesta de Radamés Gnattali em novembro de 1999.

Sergio Valdeos (Peru)Violonista, compositor e arranjador, já trabalhou com diversos músicos e cantores em gravações e shows, entre outros: Eva Ayllon, Pilar de la Hoz, Carmina Canavino, Gian Marco Zignago, Cecilia Barraza, Cecilia Bracamonte, Jane Duboc, Guinga, Leila Pinheiro, Celia Vaz. Destaca-se sua participação no grupo da cantora Susana Baca (ganhadora do Grammy Latino 2002) com quem trabalho entre 2001 e 2009 participando em 4 produções musicais e viajando pelos 5 continentes nos principais festivais de “world music.” No Perú, foi fundador do “Clube do Choro”, grupo dedicado a difusão do choro e da cultura brasilera. Também se envolveu em dois projetos de música instrumental, primeiro com o quarteto de violões “Maogani” no Brasil (1994-1999) e em seguida com o grupo Kenyara no Perú.

O concerto acontecerá às 19 horas, na Sala Villa-Lobos (Av. Pasteur, 436 – fundos) . A entrada é franca.A Série Unirio Musical é coordenada pelo Prof. Marco Túlio, do IVL. O Prof. Pedro Aragão é o responsável pela programação do mês de março.

« Abril 2019 »
Abril
DoSeTeQuQuSeSa
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930